segunda-feira, 17 de dezembro de 2007

D'us castiga os homens?

D'us castiga os homens?


Quando o mundo é assolado por grandes catastrofes, muita gente pensa que são punições de D'us quanto as atitudes humanas. Será que esse tipo de pensamento tem sentido?
Não é de agora que grande parte do povo associa a divindade(s) caráter antropomórfico (forma humana), ou seja, admitindo que exista em D'us necessidades, paixões (amor e ódio), que ele fica feliz ou zangado. Como falei em outras oportunidades (vide os tópicos sobre “Milagres” e “Orações”) que em D'us não existe tais estados.


Se em D'us não pode existir nenhuma alteração em nenhum aspecto e se Ele não pode ser afetado por ninguém, então como D'us pode ficar “zangado” ou “chateado” com os rumos que humanidade vem seguindo?
Pelo fato de muitos homens ignorarem a razão pelas quais as coisas ocorrem, dizem que D'us enviou “sinais” e “avisos”.
Vejamos alguns eventos naturais que esses homens se referem.

Terremotos:
Esses eventos são acomodações das camadas de terra, pois nosso planeta está em constante transformação. O magma (material incandencente) no interior da Terra está em pleno movimento, os continentes deslocam-se. As vezes por causa desses movimentos é ocorrem os terremotos e dependendo do lugar, o material incandencente vem a superfície (vulcões). Quando os terremotos ocorrem no fundo dos oceanos, ocasionam tsunames (ondas gigantes). Movimentos de terra ocorrem a todo momento, uns com mais outros com menos intensidade. A maioria nem percebemos pois são muito sutis.

Furacões e tempestades:
Os eventos de ordem climática são os mais difíceis de se prever. O clima é um sistema que é abordado de forma estatística. É um sistema que envolve muitas variáveis (tempetura, umidade relativa do ar, velocidade e direção dos ventos). Todos esses dados são coletados para se fazer cálculos probabilísticos, mas com uma grande margem de incerteza. Não é a toa que os meteorologistas erram com uma certa frequência a previsão do tempo (mas eles vem melhorando). E quanto mais pra frente se tenta prever o tempo, maior é a incerteza.

Queda de corpos celestes:
Quando olha-se o esquema do sistema solar, a grande maioria das pessoas pensam não haver nada entre os planetas. Mas há muita coisa! Existe muita matéria “perambulando” pelo nosso sistema além dos planeta e seus respectivos satélites e cometas. Essa matéria que vai se aglomerando, formam cinturões, outros vagam até serem atraídos pelo campo gravitacional terrestre. Muitos desses “meteoritos” não conseguem chegar a superfície. Muitos caem em regiões desabitadas e, por isso, não vistas e muitas outras caem em regiões habitadas. Podem ser pequenos ou grandes. Eles chegam a nosso planeta a todo momento.

Grandes epidemias:
O desequilíbrio em um ecossistema (ex:se diminuir a população de sapos, aumenta a população de mosquitos que são vetores de muitas doenças) acarreta o surgimento de doenças que podem ser devastadoras para a população. Em certos locais que há um equilíbrio estabelecido (ex: floresta), o homem vai e derruba árvores e doenças que já estavam ali acabam contaminando os homens, como no caso do ebóla na África. E associado com isso, o movimento de indivíduos contaminados viajando para outros locais, fazendo com que se alastre por outros locais. E sem contar com a falta de higiene devido a carência de saneamento básico.

Conclusão
Vistos todos esses casos que, aos olhos de muitos, são “intervenções divinas”, podemos responder a pergunta que fiz no início desse tópico. É claro que não faz o menor sentido acreditar que D'us fez ocorrer esses tais eventos para punir aos homens. Ele não tem necessidade disso. E nem razão. Todos os eventos que foram citados estão na própria Natureza. Algumas o homem é mero espectador (terremotos e queda de corpos celestes). Em outras ele é autor (ou co-autor) como no caso dos desequilíbrios ambientais.
E, nunca é demais repetir, o Universo NÃO foi feito o ser humano nem para alguém (ou algo) em especial. D'us faz o Universo existir e pronto. Não cabe perguntar por que ou para que. Ele, simplesmente o fez.

Um comentário:

khezia disse...

não castiga não..os homens se auto-punem...e existem consequências naturais para as ações humanas...para cada açao uma reação...sempre é assim..paga-se um preço por isso....Eu sou livre pra tudo...inclusive pra praticar todo tipo de ato ilícito...mas terei de sofrer as consequências dos meus atos..e daí muita gente culpa ..a "vontade divina"...mas eu concebo um D-us perfeito então porque somos criaturas tão imperfeitas?? Talvez não sejamos imperfeitos apesar da queda de adam....talvez estejamos caminhando para o nosso shabat...para o descanso das nossas obras....para a colheita das mesmas....de bom e de ruim ....ou seja..a vida no universo está "indo"....não sabemos pra onde..alguns diriam que para o inferno....outros que estamos num trem sem maquinista e todos estão em vagões sem perceberem e vamos despencar...mas o caos pra mim só é aparente....tudo é milimétricamente planejado...e previsto..todas as nossas possíveis reações....culpam a sorte...sorte não existe..acasos...existem os fatos..o que semeamos na nossa mente..o que fazemos do nosso tempo....o acaso é o nada...D-us é muito paciente..uns o imaginam como um velho ancião de barbas..outros como um ser temível..outros com a ira dos mortais..outros como um quase nada..sem personalidade alguma..mas a personalidade divina é totalmente....perfeita..e nada que escape a perfeição pode fazer parte dela...então ..eu penso que nossas religiões..dão apenas uma pálida idéia ainda ....dessa pessoa...que é um ente único....e que não seria pior do que nós..tudo o que seria pior do que nós deve ser descartado para D-us..isso parece bobagem mas não é...VC se fosse ele....o que faria com 6 bilhões de seres humanos ou dito humanos...que só fazem bobagem ou quase sempre fazem isso? seja o que for que respondeu..D-us é melhor que vc....