sábado, 9 de fevereiro de 2008

Trindade

Trindade


Os cristãos acreditam num D'us trino, ou seja D'us Pai, D'us filho (Jesus) e Espírito Santo. Como disse Tomás de Aquino: “Os três são um e o um é três”. Um D'us triuno. E insistem que não é contraditório em relação a unicidade de D'us. Será que a Trindade tem coerência e condiz com a lógica e os relatos do Novo Testamento?
Nos evangelhos

Em seu livro de Confissões, santo Agostinho questiona: "Como Jesus poderia ser D'us se nossa concepção é que D'us é imutável e Jesus hora andava, hora parava, uma hora ria, outra chorava, levantava o braço e o abaixava. Em outras palavras, ele é mutável, como qualquer ser sujeito ao espaço e ao tempo."

O “Confissões” foi a primeira obra por Agostinho após sua converção ao catolicismo, e alguns questionamentos que ele (Agostinho) ali faz são de alguém que está conhecendo a fé católica. Posteriormente, Agostinho em uma de suas obras, “ A Trindade” já com seu pensamento católico já consolidade, reforça as “evidências” dessa dogma.

Mas qual seria a melhor fonte para se achar as “explicações” para a “santíssima trindade”? Claro, os evangelhos. Apesar dos evangelhos terem sido escritos muito tempo após a morte de Jesus, são as fontes para um debate com os cristãos. Em nenhuma parte dos Evangelhos e nem em outras partes do Novo Testamento é mencionada a palavra “Trindade”.

Vamos analisar as palavras de Jesus, que é a ele que dizem ser D'us. Em muitas partes ele se diz “Filho do homem”. Mas isso não significa se auto-proclamar D'us.

Na proximidade de sua prisão Jesus disse:

“Momentos antes de sua prisão, Jesus em oração a D'us fala:"Aba, suplicava ele, tudo te é possível; afasta de mim este cálice! Contudo, não se faça o que eu quero, senão o que tu queres". (Marcos 14,36=Mat 26,36-46 e Luc 22,39-46).

Ora, se Jesus é D'us como afirmam os cristãos, por que a vontade de Jesus não é a mesma de D'us? “Que se faça a tua vontade e não a minha.” Explicitamente está escrito a diferença entre as vontades de D'us e Jesus.

E quando Jesus estava na cruz, suplicou a D'us. Vejamos:

"Desde a hora sexta até a hora nona, houve trevas por toda a terra. E à hora nona Jesus bradou em alta voz: 'Eli, Eli, lamma sabactani?' que quer dizer 'Meu D'us, meu D'us, porque me abandonaste? (Marcos 15,33-34).

“Me abandonaste?” perguntou Jesus à D'us. Como D'us poderia abandonar a si mesmo? Podemos ver que, pelas próprias palavras de Jesus que ele não é distinto de D'us. Para rebater esses argumentos, os cristãos vão citar a passagem em que Cristo afirma: “O Pai está em mim e eu estou no Pai”, como se eles fossem um só. Mas isso não vale só para ele, Cristo. O Pai (D'us) está em todos os lugares, inclusive em nós! Ele (D'us) é onipresente. E nós estamos n'Ele. “D'us é a morada do Universo”. O que Jesus falou vale para todos os seres. Todos estão em D'us e D'us está em todos.
Para refletir:

Admitindo que D'us tenha encarnado na pessoa de Cristo, como o Ser infinito, que sustenta todo o Universo, se rebaixa a forma humana para nos salvar? Salvar do que, já que D'us criou tudo e nada pode existir contra a sua vontade? Então D'us criou coisas más para o homem e isto seria contraditório pois os cristãos afirmam que “D'us é bom e misericordioso”? Salvar o homem das coisas criadas pelo próprio D'us. Que contradição!

E durante a vida de Jesus, como ficou o restante do Universo? D'us abandonou todo o Universo, com bilhões, trilhões de estrelas, sóis, galáxias para resolver os “problemas existênciais” dos homens, que são como poeira diante da infinitude do Universo? D'us está mais aqui na Terra do que em outros lugares da Natureza, estamos admitindo que D'us é diferente em determinados locais, o que implica que D'us está sujeito ao espaço e ao tempo, o que implica mutabilidade. Quem muda é porque deseja algo melhor do que é. E D'us pode buscar ser algo melhor ou aquilo que não tem?



Um comentário:

khezia disse...

Sim....a trindade existe nas traduções ( não em todas) do chamado novo testamento...mas, o assim chamado contém erros grosseiros que a maioria não consegue enxergar e não enxergará jamais..está difícil hoje em dia até ler....jornal ou livro imagine perceber coisas que são complexas aos completamente leigos....e até aos chamados teólogos...de diferentes denominações fanatizados
é com tristeza que digo isso mas eu os compreendo e não ataco a fé de ninguém..e essas pessoas não estão prontas .....existem judeus que não estão prontos..eu não estou pronta....
na teologia cristã jesus salva o que se perdeu...do poder da imperfeição....mas se o homem jamais caiu..então não haveria de que sermos salvos.....eu tenho certeza de que não quero entrar nesse assunto então vou sair dele rapidinho